October 2009


natura

Hoje eu estava olhando uma revistinha da Natura quando vi pela primeira vez eles mencionarem ser cruelty-free, não sei se já tinha faz tempo e eu que não tinha percebido, tava lá dizendo que no site deles havia mais info sobre como eles haviam banido os testes, então quando cheguei em casa fui lá procurar!

E tem bastante coisa mesmo, na parte sobre “posicionamentos” do site, um deles é sobre testes em animais, não só tem uma página como também um vídeo e um audio de entrevista (podcast) com um diretor da parte dos laboratórios de lá explicando direitinho o que são os testes, como e porque surgiram e como a Natura fez pra eliminá-los, bem didático!

Só não concordei com a parte que fala porque a Natura optou por não declarar isso nas embalagens, segundo eles como a filosofia da empresa é o bem estar geral, e isso inclui os animais, então não passa de uma obrigação da empresa abolir os testes. E que por ser uma obrigação não acreditam ser um motivo para fazer marketing sobre isso. Mas um selo cruelty-free acaba dando mais visibilidade à causa, quantas pessoas procurariam saber o que é aquilo de “não testado em animais” ao ver numa embalagem? Eu mesmo fui uma dessas, apesar de já ser vegetariana só me toquei de que as empresas estavam começando a ficar cruelty-free ao ver numa embalagem de um produto na gringa, então tae o recado: Natura, só falta um selinho agora!

Dê uma olhada na página:
http://scf.natura.net/Conteudo/Default.aspx?MenuStructure=5&MenuItem=7

Advertisements

phytoervas

Comprei esse sabonete já faz um tempinho, estava em busca de um esfoliante (isso foi antes de achar o de apricot da St Ives), e quando passei em uma dessas perfumarias na São Bento achei esse por uns 2 reais e resolvi testar. Sou fã das coisas da Phytoervas, continuo usando o shampoo de jaborandi deles que resenhei aqui e pretendo comprar mais um frasco quando o meu acabar.

Esse sabonete é de maracujá, tem um aroma bem marcante, eu como gosto de cheiro de frutas curti a parada. A parte esfoliante dele se dá através das sementes de morango que tem no sabonete, dá pra ver que as sementinhas são de verdade mesmo, mas ao passar na pele não dá pra sentir muito. É uma coisa bem leve, bom pra quem tem pele mais sensível e tal, pra mim acho que não fez muito efeito não, tanto que deixei pro pessoal daqui de casa tomar banho hehe.

Tive a grata surpresa de receber essa semana um email da Dermage respondendo uma dúvida minha. A dúvida, é claro, é se os produtos eram cruelty-free, e a resposta foi positiva :), saquem o email:

2009/10/9 SAC

Prezada Sra. Juliana F Almeida,

Boa Tarde!

A empresa Dermage agradece o seu contato.

Os testes de sensibilização e irritação são realizados por voluntários humanos em Centros de Pesquisa, credenciados na Agencia de Vigilância Sanitária – ANVISA.

Esta também é uma preocupação da Dermage.

Mais uma vez a empresa Dermage agradece o seu contato.

Atenciosamente,

SAC Dermage

Serviço de Atendimento ao Cliente
sac@dermage.com.br

0800 024 1064

—–Mensagem original—–
De: Juliana F Almeida [mailto:xxxxxxx@gmail.com]
Enviada em: quarta-feira, 6 de maio de 2009 18:56
Para: Informação
Assunto: Informação

Nome: Juliana F Almeida

Mensagem: gostaria de saber se a empresa faz testes em animais. Esses testes, segundo o trecho a seguir retirado do site,´é feito em cobaias ou em humanos?

“Todos os produtos são certificados pela Anvisa, com testes de sensilibização e irritação.”

Só que agora olhem com mais atenção e notem a data que eu enviei esse email…

Pergunta se eu lembrava que tinha mandado esse mail… Rapaiz, 5 meses é muuuuita coisa, nem lembro se eu tava interessada em alguma coisa deles, sei que com certeza eu não comprei! À empresa, parabéns por ser cruelty-free, mas o atedimento ao cliente, sinto informar, mas tá cruel hein!

vital radiance

Junto da minha compra no morangão que falei aqui, veio junto uma grata surpresa: uma base líquida de brinde! Na hora de escolher o brinde fiquei feliz por ter essa opção porque minhas bases minerais de amostra já tão no bico do corvo! Nunca tinha ouvido falar da marca Vital Radiance, mas olhando a embalagem dá pra saber que é uma divisão da Revlon, marca cruelty-free e considerada bem boa.

Dei sorte também do morangão ter uma adequada a minha cor de pele, arrisquei com uma chamada Shell. Quando chegou fiquei feliz porque deu certinho, comprar pela internet tem esse lado ruim, eu nem compraria uma base se já não tivesse testado a cor antes, mas como essa foi de graça, tá tranquilo!

Agora falando da base, ela tem um cheirinho de leve igual aquela base liquida da Contem 1g que falei aqui, mas é bem mais suave o perfume, então dá pra aguentar de boa (leiam lá que a da Contem 1g não rolou pra mim). Achei a base bem facil de aplicar, não deu problemas com o primer por baixo, tem FPS 15 e é pore refining, então considerei um presentão do morangão! Li na internet que a Revlon desencanou dessa linha Vital radiance e não fazem mais por não ter vendido bem. A notícia boa é que por causa disso acho que tão liquidando geral, então se alguém achar por ae pode comprar sem erro!

Eu sei , as postagens tão escassas, mas isso é devido a minha mudança de casa que aconteceu em setembro (agora sou vizinha dos Sai de baixo, Arouche!). A internet chegou só hoje, então segunda-feira o esquema do blog já volta ao ritmo normal, sorry ae!