paul mitchell

Descobertas de hoje no google: fiquei triste em saber que a Wella não é mais cruelty-free, tenho certeza que ela era alguns anos atrás, tinha uma vaga lembrança disso e ainda dá pra ver na net alguns sites que citam a marca como tal. Só que bastou uma busca pra descobrir que agora eles são da Procter e Gamble, deve ter sido comprada uns anos atrás, só lamento…

http://www.pg.com/pt_BR/products/cuidados_beleza/wella.html

E uma busca do nada no site Caring Consumer (tava procurando pela Redken, que confirmei pertencer a loreal, entonces fujam!) acabei descobrindo que a marca Paul Mitchell está lá na listinha do bem! Já tinha ouvido falar dos produtos para cabelos deles mas nem dei nada, principalmente por serem produtos profissionais vendidos apenas em salões de cabeleireiro. Desses tipos de produto é raro ver um cruelty free, então ótima notícia e mais uma opção pros cabelos dos amigos dos animais!